Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Articulação > Lançado Plano de Desenvolvimento de Campina Grande (PB) e entorno
Início do conteúdo da página

Lançado Plano de Desenvolvimento de Campina Grande (PB) e entorno

Projeto traça metas relacionadas à qualidade de vida, prosperidade social e eficiência na gestão pública.

Foto do público durante evento na Fiep, em Campina Grande (PB), durante entrega do Plano Estratégico de Desenvolvimento de Campina Grande

Um dos grandes desafios da administração pública é estabelecer mecanismos de administração orientados para o cumprimento de metas compatíveis com a realidade local. No caso do município de Campina Grande, cidade do sertão paraibano, este trabalho ganhou um aliado estratégico. Foi lançado na manhã desta sexta-feira (24) o “Plano Estratégico de Desenvolvimento - Campina Grande 2035”, um projeto de gestão para os próximos 20 anos contendo metas, indicadores e propostas de ações para transformar o município e cidades do seu entorno em personagens de economia pujante e celeiros de oportunidades. A iniciativa é fruto do trabalho de articulação entre a Sudene, Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep) e o Instituto Federal (IFPB). A autarquia investiu cerca de R$ 500 mil para a elaboração do plano.

 Foto do público e do palco durante evento de entrega do Plano Estratégico de Desenvolvimento de Campina Grande, no Auditório da Fiep

Presidente da Macroplan - empresa de consultoria e planejamento estratégico contratada para a elaboração do plano, Cláudio Porto apresentou os procedimentos técnicos e operacionais da estratégia desenvolvida para Campina Grande e municípios do entorno. Para o especialista, a restrição hídrica, os desafios referentes à criminalidade, o passivo de pobreza e desigualdade social e a dificuldade de atração e retenção de talentos são algumas das principais adversidades que os gestores públicos devem enfrentar para executar o plano. No entanto, Porto mostrou-se otimista para superar estas barreiras em virtude das vantagens competitivas que caracterizam Campina Grande: a localização estratégica da cidade (próxima a polos como Recife, João Pessoa e Natal); a cultura empreendedora nativa dos negócios; a eminente vocação industrial e comercial e a desenvoltura do pólo universitário do município.

O presidente da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep), Francisco Gadelha, elegeu a pluralidade do plano como fator diferenciado. "Pudemos perceber a participação de todos os segmentos sociais para a elaboração deste projeto. E a certeza que fica é de que queremos uma Campina Grande maior ainda", discursou.

Superintendente da Sudene, Marcelo Neves, discussando, ao lado da mesa de autoridades, durante lançamento do Plano Estratégico de Desenvolvimento de Campina Grande

Representando a Sudene, o superintendente Marcelo Neves elogiou o engajamento da sociedade civil e instituições parceiras na construção do plano de desenvolvimento.  O líder da autarquia considera este projeto um modelo de excelência em gestão pública e uma marca do trabalho da autarquia.  “A Sudene está cumprindo hoje aqui seu papel de promover o desenvolvimento inclusivo do Nordeste”, disse, durante o discurso.

Tripé de oportunidades

Desenvolvido pela empresa Macroplan, o plano considerou que todas as ações a serem executadas a partir do trabalho deverão ser orientadas por três atributos: prosperidade, qualidade de vida e governo eficiente. Para cada um deles, há metas específicas que devem ser atingidas durante os próximos 20 anos (confira o infográfico a seguir).  

Para traçar a visão de futuro proposta, a instituição realizou um diagnóstico de situação e um prognóstico. Na primeira etapa, foram elaborados um inventário estratégico, análise retrospectiva, pesquisa qualitativa e um benchmarking (que avalia as melhores práticas de gestão e desenvolvimento de personagens dentro de um contexto específico). No passo seguinte, foram construídos cenários futuros considerando as tendências atuais dos indicadores e quais as possibilidades de atingir uma situação.

 Infográfico com algumas das metas previstas no Plano Estratégico de Desenvolvimento de Campina Grande

Algumas das metas previstas no plano. Ilustração: Assessoria de Comunicação (Sudene)

Recursos e avaliação

Além de investir com recursos na ordem de R$ 500 mil, a Sudene contribuiu com seu conhecimento avançado de planejamento regional. A autarquia integra o Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento e prestará assessoria técnica necessária para o acompanhamento e eventuais atualizações das metas do projeto.

Além da Sudene, integram o comitê representantes da classe patronal, Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e prefeituras de Campina Grande e municípios do entorno.

Para o coordenador de avaliação de políticas, planos e ações da Sudene, Lautemyr Canel, a participação da autarquia neste plano foi de fundamental importância para possibilitar sua construção. “Além da mobilização financeira, a Sudene realizou o acompanhamento crítico de todo o processo, incluindo o monitoramento de cada passo dado”, explicou.

Foto do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, recebendo o documento oficial do Plano de Desenvolvimento das mãos do presidente da Fiep, Francisco Gadelha

Prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, recebe o documento oficial do Plano de Desenvolvimento das mãos do presidente da Fiep, Francisco Gadelha.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página