Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Comunicação > Notícias > Geral > Sudene lamenta morte de Ricardo Brennand
Início do conteúdo da página
Aos 92 anos

Sudene lamenta morte de Ricardo Brennand

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Publicado: Sábado, 25 de Abril de 2020, 15h29

O empresário e engenheiro pernambucano faleceu neste sábado aos 92 anos.


20200425 ricardobrennand homenagem matéria

Foto: Marcos Correa (PR) / Arte: Ascom (Sudene)
Em discurso na 25ª Reunião do Conselho Deliberativo da Sudene, Ricardo Brennand destacou o desejo de ver um “país socialmente justo e economicamente estável" e pediu atenção aos problemas crônicos do Nordeste.

A Sudene recebeu com pesar a notícia da morte do empresário e engenheiro Ricardo Brennand, aos 92 anos. O pernambucano faleceu neste sábado (25/04), vítima de complicações em decorrência da Covid-19.

Nascido em 27 de maio de 1927, Ricardo Coimbra de Almeida Brennand destacou-se com diversos projetos na área industrial, ligadas sobretudo às produções de cimento, aço, açúcar, vidro, entre outros. Cursou as engenharias civil e mecânica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Uma de suas iniciativas de maior sucesso é o Instituto Ricardo Brennand, localizado em Recife (PE). O centro cultural, que ocupa área de 180 mil metros quadrados, expõe quadros históricos, esculturas, tapeçaria, além de coleção particular de armas brancas. O polo turístico de renome internacional foi gentilmente cedido pelo empresário e sua família para a realização das 21ª (27/07/2017), 25ª (24/05/2019) e 26ª reuniões do Conselho Deliberativo da Sudene, esta última realizada em 12/12/2019. 


20200425 ricardobrennand homenagem matéria2

Foto: Marcos Correa (PR)
Ricardo Brennand apresenta parte do acervo do instituto ao presidente Jair Bolsonaro.

No encontro realizado em maio do ano passado, Ricardo Brennand, em uma de suas últimas aparições públicas, fez um discurso dirigido ao presidente Jair Bolsonaro, registrando o desejo de ver um “país socialmente justo e economicamente estável”. O anfitrião manifestou, ainda, a esperança de que os participantes do encontro construíssem “a pátria que todos nós sonhamos” e que pudessem encontrar uma “solução para os crônicos problemas do Nordeste”.

O superintendente Evaldo Cruz Neto lamentou, em nome de todos da Sudene, a morte do pernambucano. “Ricardo Brennand construiu seu sonho, hoje, eternizando-o. Empreendedor de sucesso, com sua sensibilidade e grandes gestos, fundou o Instituto que leva seu nome, deixando um dos mais importantes legados nas artes, motivo de orgulho e admiração de todo o mundo. Nossa homenagem e gratidão. A toda família, um profundo pesar”.

--
Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
Siga nossas redes sociais: @sudenebr

Fim do conteúdo da página