Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Comunicação > Notícias > Investimentos > Incentivos geram investimentos de R$ 13,4 bilhões
Início do conteúdo da página
Desenvolvimento

Incentivos geram investimentos de R$ 13,4 bilhões

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Publicado: Terça, 28 de Abril de 2020, 17h46

Os recursos foram aplicados nos estados da área de atuação da Sudene em 2019.


A foto apresenta o interior de uma indústria, com vários trabalhadores.
Foto: Unsplash.com (ilustrativa)

Investimentos informados pelas empresas incentivadas ultrapassaram os R$ 13 bilhões.

Além do investimento financeiro, os empreendimentos contemplados com os benefícios fiscais foram responsáveis pela manutenção de 140.890 empregos com carteira assinada, sendo 102.123 diretos e 38.767 indiretos. Ao todo, foram aprovados pela Diretoria Colegiada da Sudene 364 pleitos de incentivos, distribuídos por 151 municípios, dos quais 71 estão localizados no Semiárido, onde foram investidos R$ 6,2 bilhões. Os impactos positivos dos empreendimentos incentivados atingiram 24,5 milhões de pessoas no ano passado.
Entre os estados contemplados com os investimentos, a Bahia foi o destaque com quase R$ 7 bilhões, seguido do Ceará (R$ 1,5 bilhão), Pernambuco (R$ 1,4 bilhão) e Alagoas (R$ 1,1 bilhão).

PLEITOS APROVADOS POR ESTADOS E INVESTIMENTOS REGISTRADOS

 

EstadosRedução de 75% do IRPJ e adicionaisReinvestimento de 30% do IRPJInvestimentos registrados (R$)
Alagoas 21 2 1.128.232.120,40
Bahia 96 12 6.964.907.016,56
Ceará 47 10 1.477.412.858,03 
Espírito Santo* 14 8 324.993.359,73
Maranhão 16 0 752.887.256,97
Minas Gerais* 11 1 191.744.117,70
Paraíba 10 2 474.879.303,43
Pernambuco 49 15 1.397.928.773,45
Piauí 10 0 232.482.995,97
Rio Grande do Norte 22 8 271.508.380,69
Sergipe 9 1 179.425.974,52
TOTAL 305 59 13.396.402.157,45

*área de atuação da Sudene, conforme Lei Complementar 125, de 3 de janeiro de 2007


Entre os setores foram destaques os investimentos realizados em Infraestrutura (R$ 8,4 bilhões investidos e 87 pleitos aprovados). Na sequência, estão elencados o segmento de minerais metálicos e não metálicos (R$ 900,3 milhões), Alimentos e Bebidas (R$ 871,1 milhões) e setor de derivados de petróleo (R$ 867,1 milhões. Do total dos investimentos registrados em infraestrutura, R$ 7,4 bilhões foram destinados a empreendimentos voltados para a produção de energia, principalmente energia eólica, hídrica e térmica.

Dos 364 laudos e portarias em 2019, 186 pleitos foram destinados a empresas responsáveis pela implantação de novos empreendimentos e que reportaram investimentos da ordem de R$ 7,6 bilhões, enquanto os empreendimentos modernizados representaram investimentos da ordem de R$ 5,5 bilhões. Foram 305 pleitos de Redução de 75% do IRPJ e Adicionais não Restituíveis e 59 de Reinvestimento de 30% do IRPJ.

O coordenador geral de Incentivos Fiscais, Sílvio Carlos, enfatiza a importância dos incentivos para a área de atuação da Sudene (Região Nordeste e parte de Minas Gerais e Espírito Santo). “O incentivo fiscal sempre foi, desde o seu início, e até hoje, direcionado preferencialmente para a atração de novas empresas que venham a se instalar na região, o que confere um “plus” na arrecadação das receitas tributárias e não uma perda. Isso porque, a partir da instalação de uma nova indústria em determinada região ocorre o desenvolvimento em cadeia. Com mais emprego e mais renda, aumenta a demanda para setores como comércio e serviços, ampliando a arrecadação federal, estadual e municipal”.

CONFIRA O BALANÇO COMPLETO >>>>     Clique aqui e acesse o relatório    <<<<


--
Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
Siga nossas redes sociais: @sudenebr

Fim do conteúdo da página