Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Banco de dados

Sudene desenvolve novo sistema de informação

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Criado: Quarta, 30 de Agosto de 2017, 14h52 | Publicado: Quarta, 30 de Agosto de 2017, 15h10

O Observatório do Desenvolvimento do Nordeste (ODNE) pretende subsidiar o processo de desenvolvimento regional.

Ilustração: Ascom/Sudene

Marca do ODNE. Mapa do Brasil na cxor cinza, com destaque verde na Região Nordeste, dentro de um círculo verde, aberto na lateral direita superior. Abaixo está escrito ODNE. Mais abaixo estão as boletins, Nordeste, informação e mapas.


Superintendente da Sudene discursando para uma plateia de técnicos e gestores, no Auditório da Autarquia. No palco, um telão com a marca do ODNE.

O ODNE está em construção e foi apresentado ontem (29) aos técnicos e gestores da Sudene. Criado pela Coordenação-Geral de Estudos e Pesquisas, Avaliação, Tecnologia e Inovação (CGEP), unidade da Diretoria de Planejamento e Articulação de Políticas (DPLAN) da Sudene, o Observatório é um sistema de dados abertos, que funcionará como repositório de informações sobre o Nordeste, uma espécie de banco de dados disponibilizado no site, atendendo aos públicos interno e externo. A ideia é ampliar, cada vez mais, o livre uso pela sociedade de dados e informações governamentais, sob o enfoque do desenvolvimento regional.

O diretor da DPLAN, Alexandre Gusmão, destacou a importância de socializar as informações, enquanto o gestor máximo da Autarquia, Marcelo Neves, afirmou que a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste precisa fortalecer o seu papel de ser referência na produção e armazenamento de informações regionalizadas.

A Sudene vai filtrar conteúdo de outras fontes, produzindo dados que possam subsidiar estudos, pesquisas, formulação e avaliação de políticas, além de criar indicadores, que podem “subsidiar as atividades de planejamento público e formulação de políticas sociais nas diferentes esferas de governo, possibilitam o monitoramento das condições de vida e bem-estar da população por parte do poder público e sociedade civil, permitindo o aprofundamento da investigação acadêmica sobre a mudança social e sobre os determinantes dos diferentes fenômenos sociais”, enfatiza Frederico Cavalcanti, coordenador da CGEP.

Serão divulgados boletins temáticos, estudos, análises, estatísticas, avaliação de impactos e informações espaciais. Com foco no desenvolvimento sustentável, as informações irão compreender as dimensões econômica, social, ambiental e institucional, abrangendo indicadores e meta dados. Já estão disponíveis no site da Sudene boletins sobre Analfabetismo; Produto Interno Bruto Regional; e Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
www.sudene.gov.br
Siga nossas Redes Sociais: Facebook | Twitter | Instagram | Youtube | Flickr | Soundcloud

Fim do conteúdo da página