Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
PRDNE

Encontro articula futuras parcerias na área de educação superior

Criado: Sexta, 07 de Fevereiro de 2020, 17h00

Superintendente Douglas Cintra recebeu representantes de centros educacionais de Pernambuco.

20200207 universitas ft1


Em total sintonia e prevendo futuras parcerias que colocarão o Plano de Desenvolvimento Regional do Nordeste - PRDNE - nas agendas e nas programações da área da Educação Superior de Pernambuco, o superintendente Douglas Cintra esteve reunido na tarde de ontem com os representantes do Consórcio Pernambuco Universitas, entidade que reúne cinco universidades do estado(UFPE, UFRPE, Unicap, Univasf e UPE), que é coordenado pela reitora da UFRPE, Maria José de Sena.

Formado há cinco anos, o Pernambuco Universitas trabalha temas importantes para o estado, através de pesquisas e projetos entre estas cinco instituições. A gestão hídrica, um dos seis eixos estratégicos do PRDNE, é o tema do primeiro trabalho realizado pelo grupo de universidades, que compilou tudo o que estava sendo desenvolvido por cada uma delas, formatou e unificou as informações num projeto único que hoje já está sendo implementado com financiamento da Facep.

20200207 universitas ft2

A iniciativa foi apresentada pelo coordenador científico do consórcio, o professor Aberlado Montenegro, que mostrou como numa região com graves problemas de escassez e dificuldades de acesso à água de qualidade, a compatibilização de seu uso com a tecnologia, poderá garantir, de forma inteligente, o abastecimento, a irrigação e seu uso industrial.

Após a apresentação do projeto, o superintendente explicou ao grupo o conceito do PRDNE, suas propostas e objetivos, e destacou como eles estão completamente alinhados aos do consórcio, convergindo para o desenvolvimento do Nordeste. “As duas palavras mais importantes desta nossa conversa hoje foram ‘alianças interinstitucionais’, pois o principal papel que a Sudene tem é o de dialogar, chamar todas as instituições para entendermos quanto cada uma pode colaborar, isoladamente ou em conjunto. Na prática, sua responsabilidade é a de pensar estrategicamente o Nordeste, trabalhando em conjunto para que o conhecimento e as novas tecnologias não existam apenas na forma de pesquisa, mas que cheguem na vida real das pessoas”, disse Cintra.

A equipe do plano também estuda novos modelos de financiamento para que iniciativas como as da Indústria 4.0 ou de autarquias como as universidades, que contam com capital basicamente humano, possam ser beneficiadas. Para isso, técnicos e consultores se dedicarão à prospecção de programas de financiamento alternativos, assim como novas fontes de recursos e novos formatos de financiamento e de investimento nacionais e internacionais.

Além do tema recursos hídricos, o Consórcio Pernambuco Universitas este ano pretende ampliar a discussão para outros assuntos de interesse das instituições, como educação e formação, saneamento e internacionalização.

Fim do conteúdo da página