Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Parceria

Sudene e CGEE assinam Protocolo de Intenções

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Criado: Sexta, 08 de Fevereiro de 2019, 12h03

O documento trata das contribuições do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) para o PRDNE.

Momento em que os representantes da Sudene e do CGEE assinam o Protocolo de Intenções.


A assinatura foi realizada ontem (07) na sede da Superintendência e contou com a apresentação de sugestões das linhas estratégicas, eixos temáticos e diretrizes para o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE). O documento contempla o desenvolvimento de estudos sobre recursos hídricos; integração de bacias; uso sustentável da terra, combate à desertificação e recuperação de áreas degradadas; recursos humanos e formação de rede de pesquisadores para o desenvolvimento do Nordeste; estruturação da Rede de Instituições de CT&I; portfólio de tecnologias para o desenvolvimento sustentável do semiárido; Arranjos Produtivos Locais; ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento sustentável do Nordeste; impactos das mudanças climáticas e políticas e ações de adaptação focadas no desenvolvimento sustentável; governança voltada a atuar na elaboração e na mobilização político social do PPA – Plano Plurianual; Centro de Desenvolvimento Regional; estratégia de implantação de startups e de inovações sociais; estudos voltados para a compreensão da dinâmica dos espaços urbanos e rurais; criação e apoio técnico de um núcleo de apoio aos municípios do semiárido.

A partir da escolha dos eixos temáticos serão definidos programas, projetos e ações do PPA. O estudo vai contemplar, em uma primeira fase, plano de trabalho e consolidação das propostas dos consultores contratados através de um acordo de cooperação técnica celebrado entre a superintendência e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD - Brasil).  

A segunda fase será marcada pela articulação de processos, com a participação dos integrantes do Conselho Deliberativo da Sudene, estados, instituições federais e parceiros da Autarquia. A ideia é fortalecer o papel da Autarquia Federal de articuladora das políticas públicas focadas no desenvolvimento do Nordeste. Está prevista, ainda, a realização de workshops e seminários, além da elaboração de um relatório final.

O superintendente da Sudene, Mário Gordilho, enfatizou a importância de apontar soluções efetivas para os problemas hídricos enfrentados pelo Nordeste e de buscar caminhos que melhorem o desempenho do PIB regional. O encontro de ontem contou com a participação da economista Tânia Bacelar.

 

Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
Siga nossas redes sociais: @sudenebr

Fim do conteúdo da página